terça-feira, 26 de março de 2013

sábado, 23 de março de 2013

As pessoas me odeiam, eu preferia estar morta do que conviver com 2 pessoas que me odeiam, preferia morrer do que estar aqui nessa vida, porque ? porque ? 

O que eu fiz ? eu só quero morrer, é tão difícil  assim para uma pessoa morrer ? o que eu tenho que fazer ? Os cortes já não são o suficiente, a bulimia não me mata, o que eu vou ter que fazer para me libertar ? Vários remédios engeridos ao mesmo tempo também não me tiram dessa vida. Sera que sou uma peste destinada a continuar atormentando a vida das pessoas ? E quero morrer eu pretendo morrer agora, não quando chegar a hora e sim agora. Eu sou uma puta problemática sem salvação um verme que esta destinado ao inferno sem volta. Minha alma ... isso se é que tenho alma, não aguentaria mais viver um minuto nessa atmosfera. Sou uma egoísta, sou um monstro, sou tudo menos uma pessoa boa. Minha história é longa e eu pretendo acabar por aqui, a vida não pode mas continuar assim, não pra mim, não para uma pessoa que nem eu, onde só tem o lado negro, onde só existe ódio e rancor , sim porque é isso que eu sinto dos meus pais ódio e é isso o que eles sentem de mim. Odeio o fato de ser um fardo pra eles, então nada melhor do que a própria pessoa para acabar com isso, eu sei que sou fraca uma imbecil de primeira, vocês devem estar achando " a ela teve mais uma briga com os pais e já quer se matar " NÃO MIL VEZES NÃO . Não é a primeira briga não, eu sei o quanto eles me odeiam eu sei o quanto eu sou um monstro, o quanto eu destruo e destruí a vida de todos que me rodeiam, então antes  de completas meu decimo quinto ano de existência de pura mentira de falsidade e de rancor eu deixo essa vida.
Sou uma vadia sem coração, sou um monstro sem alma, o que apresento para as pessoas não é o que eu sou de verdade, estou cansada de viver nesse mundinho, chega uma hora que o jogador não consegue mais aguentar e se vem o game over. Eu não sou o que sou, eu não mostro para as pessoas o que sou porque elas iriam me julgar mais ainda, mas acabou e a partir de agora em apenas uma semana eles verão tudo que eu guardei em tanto tempo aqui no me interior. Antes que alguém que eu amo se machuque eu vou embora .

quinta-feira, 21 de março de 2013

Sou uma gorda

Sou uma gorda gigantesca, agora com isso do meu pai meio que saber eu não posso vomitar, então me privei de comer, tem dias que eu sinto nojo de olhar para a comida, as vezes me da uma vontade louca de comprar todas as porcarias do mercado comer tudo tudo e tudo gastar todo meu dinheiro, mas estou economizando pro futuro, necessito sair dessa cidade, porque não vou conseguir ter meu emprego aqui, então minha vontade passa depois de um tempo. Não almoço, chego e me deito direto, durmo ate as 5:30  como aqui em casa meu pai não toma café, ( pão e bla bla bla ) porque é uma pessoa obcecada por magreza, isso me ajuda muito, então só tomo um copo de leite, as vezes como um fruta, e assim tenho passado meus dias, mas as vezes como e não posso vomitar porque ele vai descobrir, espero me manter forte.
Eu vou pro inferno mesmo :)

sexta-feira, 15 de março de 2013

Estava conversando com uma pessoa muito chegada minha que me da ótimos conselhos para tudo, e eu estava lhe falando sobre uma amiga minha que não é muito boa amiga, e ela me disse
"Tu teria que ser uma pessoa que vivia se cortando os pulsos, garota com problemas em tudo... por tudo o que tu passou, tua vida não foi tão fácil assim...  "- parente
Mal ela sabe a verdade...

segunda-feira, 11 de março de 2013

momento em que eu paraliso

meu pai descobriu ... cara eu vou morre...
Nesse exato momento ele ta me dizendo pra parar que isso é que nem toc e que eu vou virar doente... Só que ele não ta se ligando que eu já to nisso vai fazer 5 meses e que as minhas crises são muito ruins... Cara isso ta horrível .
A vida ta complicando pra mim, eu fui descuidada duas vezes a ponto dele descobrir. Ele pensa que eu to me tornando, mas eu já sou bulímica. E isso já se tornou parte de mim e eu não posso parar. Eu sou uma imbecil, uma idiota... se eu tivesse tomado mais cuidado...